Uma prova de que a simpatia é sempre a melhor saída, até com as pessoas mais mal-humoradas.

Cliente ranzinza deixa um carro e 50 mil dólares de herança para garçonete.

Após conhecer essa história, você vai pensar duas vezes em como ter mais paciência para lidar com cliente chato, exigente e que reclama de tudo.

Pois uma garçonete, Melinda Salazar que o diga. A paciência e a simpatia dela foi muito bem recompensada por um cliente idoso que todos os dias aparecia na lanchonete Luby’s, em Brownsville, Texas (EUA).  Melinda procurava sempre servir o homem, pois entendia que deveria ser uma pessoa solitária, então caprichava no alto astral para levar um pouco de simpatia.

Todo esse esforço não foi em vão. O cliente era um ex-combatente que serviu na Segunda Guerra Mundial, com 89 anos.

O veterano era rude e tinha atitudes muito grosseiras com os funcionários da lanchonete, inclusive ofendia enquanto anotavam os pedidos. Por esse motivo ninguém queria atendê-lo, então Melinda Salazar tomou esse encargo como missão.

Com o que se conhece como paciência de Jó, a garçonete seguia com suas atividades, sempre procurando servir exatamente como o veterano queria. Os alimentos precisam estar tão quentes que dava para queimar a mão ou a língua, caso não estivesse na temperatura certa, o pedido voltava para a cozinha.

E assim foi durante muito tempo, 7 anos,  até que ele morreu.

Sem saber o que estava tinha acontecido com o cliente ranzinza, ela procurou nos obituários. Um dia lendo o jornal se deparou com a notícia do falecimento.

Algumas semanas depois, Melinda foi procurada por um advogado que deu a notícia da herança que o idoso deixou para ela. Ele deixou um carro e 50 Mil Dólares.

 

RUY TOMARÁ DECISÃO DE DEIXARÁ ZECA ENTRE A VIDA E A MORTE EM ‘A FORÇA DO QUERER’

Pai alerta sobre os perigos dessa posição para os bebês dormirem.