Pai morre e deixa 6 filhas. 3 Anos depois, um policial vê as crianças descalças em um supermercado. É de partir o coração…

Essa é mais uma triste história que mexe com todo pai e mãe só de pensar em tal situação. Uma criança ter o pai morto é difícil, pior ainda quando são 6 filhos sem o pai, contando com o esforço da mãe para seguir em frente.

O policial Mark Engravalle, ao receber o chamado para ir a um supermercado, por experiência se preparou para o pior. Na profissão dele, todos os dias os riscos são muitos, mas ele como bom policial, não abre mão de seguir com sua vocação e proteger a sociedade.

O que o policial Mark não esperava era se deparar com uma mulher, viúva, mãe Ed seis filhos que estava angustiada com o que estava vivendo.

Mesmo não sendo uma atitude certa, é impossível não se comover diante de uma situação tão difícil que a mulher estava passando junto com os seus filhos. Uma mãe é capaz de tudo para não deixar os filhos com fome, frio ou passando outras necessidades, até mesmo se arriscar a ser presa por um ato que não costuma fazer, indo contra todos os seus conceitos.

Evidente que não se deve apoiar, mas entender a motivação do erro que essa mulher cometeu.

O policial foi informado por um funcionário, que Sarah Robinson estava tentando roubar fraldas, roupas e calçados. Ela estava com as crianças quando tudo aconteceu.

Ao ser detida pelos seguranças do supermercado, ela chorava desesperada. Marck observou que todas as crianças estavam sem sapatos e muito frágeis. Então ele soube da história. A mãe e os filhos estavam vivendo abaixo da linha da pobreza, o marido havia falecido, ela perdeu a casa e morava em um carro.

O policial que é pai de 2 filos, se comoveu e comprou as fraldas, roupas e calçados. Depois providenciou um lugar para eles por meio do serviço social.

Desabafo e gratidão da mãe:

“Eu sou bilingue. Falo inglês e espanhol, e eu sou boa com computadores. Eu só quero dar um lar estável às minhas filhas”.

“Não há palavras suficientes para agradecer”. “Eu e as minhas filhas estaremos sempre em dívida para com ele”.

 

Mãe e filha brincam de criar vestidos usando comida e flores

Menina de 10 anos filma o próprio estupro e o que vídeo mostra é desolador