Mulher grávida é picada por aranha gigante e mortal

 

Kendall Butler estava grávida de sua segunda filha, em junho de 2017, ao acordar sentiu uma dor aguda no estômago e viu uma aranha gigante em sua cama.

Imediatamente ela percebeu que a aranha havia piacda justamente na barriga.Ela foi ao consultório médico, e ela percebeu que não era uma mordida comum, e sim aranha-violinista, uma das especies mais venenosas e mortais.A veneno destruiu a pele, e começou a queimar.
Os médicos impediram que o veneno se espalhasse pelas outras partes do corpo, mas não conseguiram reparar o tecido da barriga, até que ela fosse dar à luz.

A família havia percebido uma quantidade grande de carrapatos e aranhas perto da casa.

Quando o veneno destruiu a pele perto da mordida, começou a queimar.

Os médicos impediram o veneno de se espalhar para outras partes do corpo de Kendall, mas não conseguiram reparar seu tecido até ela dar à luz.

Quatro semanas depois, Kendal ainda estava se recuperando da mordida. Ela precisou tomar antibióticos para tratar da infecção. A região roxa na imagem, mostra a parte da pele que foi afetada pelo veneno da aranha.

Com 41 semanas Kendal deu à luz, uma bebê cheia de saúde, os médicos puderam remover os tecidos atingidos pela mordida, e mas tarde ela passou por uma abdominoplastia para esconder o burcado que havia ficado em sua barriga.

Em entrevista ao portal Dearly.com, ela diz “O buraco da picada foi tão grande que parecia que eu tinha levado um coice de cavalo. Mas por causa da abdominoplastia minha barriga hoje é normal e parece que nada aconteceu”


Qual sua opinião? Escreva abaixo👇

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 Após 6 cesáreas útero de grávida rasga e as pernas do bebê saem para fora

Família leva para casa cama box de ônibus em São Gonçalo e viraliza