Mulher adota um gatinho minúsculo e raquítico. Um ano depois, o bichano já tem praticamente o mesmo peso que a dona!

A transformação foi radical

Um gatinho ainda filhote foi adotado por uma jovem. Justina Strumilaite e a família ficaram muito sensibilizados com o estado bichinho,mesmo sem acreditar que ele conseguiria resistir, o novo lar recebeu o gato com muito amor e passaram a chamá-lo de Brownie.

O animal foi encontrado em condições delicadas, ele parecia estar muito frágil, com poucas chances de sobreviver e crescer como se gostaria. Isso não impediu que a jovem deixasse de pensar em dar conforto ao gato, mesmo que fossem poucos dias.

Brownie foi encontrado doente, ele era muito pequeno e isso poderia dificultar uma possível recuperação. Ele nasceu com uma patinha deficiente, com somente 2 dedos na pata dianteira da esquerda. Não aceitava nenhum alimento, por isso estava muito magro.

Nem todo esse quadro crítico fez Justina desistir do gato Brownie, ela dedicou tanto amor que conseguiu fazer o bichinho aceitar comer e beber água, logo começou a apresentar melhoras.

O gatinho não demorou muito para desenvolver as habilidades de um gato, recuperou o peso e ficou cheio de energia. A menina conta que ele mais se parecia com um cachorro dentro de casa do que com um gato andando atrás dela o tempo todo.

Depois de um ano a pelagem do gatinho ficou espessa e a aparência longe de ser o que foi um dia. A jovem Justina precisa escovar Brownieto dos os dias para não embolar o pelo.

Essa é uma grande lição de amor aos animais, nesse momento em que a revolta por ter tantos animais espancados cruelmente, como aconteceu com a cachorrinha Manchinha, é animador saber que a maioria da sociedade é constituída de pessoas de bem, que amam, cuidam e não se calam diante da maldade.

Seja contra crianças, idosos, mulheres, qualquer pessoa ou animal, é importante denunciar.

Written by Silvia Cardoso

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings