Menino que sofreu bullying por nanismo teve dia de glória na Austrália

O pequeno Quaden Bayles, que ficou conhecido no mundo todo, depois que um vídeo gravado e publicado por sua mãe, mostra ele chorando em desespero dizendo que queria morrer, por sofrer bullying por ter nanismo, agora vive outro momento.

O menino de 9 anos, foi convidado por jogadores do time de Rugby NRL All-Stars Indígena, para entrar em campo com eles, vestindo uma camiseta dos heróis do clube.

No último sábado (22), ele foi ovacionado ao entrar com os jogadores.

Toda a plateia celebrou ao ver o pequeno entrando de mãos dadas com  Joel Thompson, capitão do time, antes do início da partida contra o time Maori All-Stars.

Antes da partida, ele recebeu carinho de muitas pessoas, e posou para fotos com o comentarista e ex –astro do North Queensland cowboys, Johnathan Thurston e também teve a honra de ficar no camarim indígena com os jogadores.

Veja o que a treinadora Laurie Daley disse: 

“Queremos abraçá-lo e incluí-lo em algumas de nossas atividades nas próximas 48 horas, ele e sua família, apenas para mostrar que nos importamos e que estamos aqui para ele”.

Written by Silvia Cardoso

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings