Mãe reencontra filho após passar 40 anos pensando que ele estava morto

Compartilhe em seus Grupos do Whatsapp

Nelly Reveys deu á luz ao seu filho há muito tempo atrás em um hospital do Chile, no momento de ter seu bebê em seus braços, a jovem mãe recebeu a noticia que seu filho estava morto. Ela não recebeu nenhum documento atestando o óbito de seu filho ou sequer viu seu corpo.

Travis Tolliver, o filho considerado morto, foi sequestrado e dado para adoção. Foi adotado por uma família em Tacoma, nos Estados Unidos, que acreditou na historia que o garotinho da época tinha sido abandonado. Muitas crianças foram colocadas ilegalmente para adoção no Chile durante a ditadura nas décadas de 1970 e 1980, talvez seja essa a explicação da historia de Travis.
20 anos depois, Trevis tentou procurar a mãe biológica, mas falhou. Com passar do tempo, ele descobriu sobre os “filhos do silêncio”, esse foi dado o nome das crianças que sumiram na época. Passou a pesquisar mais sobre esse assunto, e sentia muito forte dentro de si, que precisava achar sua mãe. Encontrou uma pagina nas redes sociais sobre crianças adotadas no Chile, o jovem passou seus dados para os organizadores da pagina, e logo foram capazes de localizar sua mãe.

continua após esse anúncio ⤵

E depois de 40 anos, eles se reencontraram, a felicidade de Nelly não cabia em seu peito ao descobrir que seu filho não estava falecido. “Eu vou abraçá-lo todos os dias. Eu o amo tanto!”.
A comunicação entre os dois foi um pouco difícil, pois, Nelly só fala espanhol e Trevis, inglês, mas nada disso impediu o amor entre os dois transbordasse. Travis se sentiu muito feliz ao saber que sua mãe de verdade nunca o abandonou; eles estão determinados a procurar sobre o passado e trabalhar junto com as autoridades para descobrir mais informações.

 

Qual sua opinião? Comente no final ⤵




Compartilhe em seus Grupos do Whatsapp

Comente aqui ⤵


Policiais param pai bêbado, retiram três crianças de carro e dão mamadeira para bebê

Latino choca ao revelar porque dá pensão de 1 salário mínimo a filha com Kelly Key