Heroína anda quase 10 km por uma montanha carregando nos ombros um cão perdido

Tia Vargas, de 40 anos, e mãe de três filhos, de Idaho Falls, Idaho, viveu uma aventura inusitada ao escalar a montanha Table Rock Tail, na Carolina do Norte (EUA).

Já na descida, cansada, encontrou uma família que subia e contou a ela que havia um cão, ela encontrou o cão, faminto, ferido e perdido do dono. Eles tinham crianças pequenas junto, então não poderiam levar o cachorro. A mulher não pensou duas vezes e viu que precisava tirar o animal daquela situação.

 “Eu tive que colocá-lo sobre meus ombros para carregá-lo na descida. Senti seu peso imediatamente, pois nunca havia carregado tanto peso nas costas”, disse Tia.

“Se fosse meu cachorro, meu filho ou uma pessoa que eu amasse, gostaria que fizessem isso por mim”, disse ela à ABC.

A mulher encontrou o pai que a aguardava 3 mil metros abaixo, ela já estava exausta e o cão também.

O cansaço, o peso do animal e a neve que começou a cair, dificultaram ainda mais o percusso.

“Todas as vezes em que me ajoelhava para colocar a cabeça sob sua barriga e tentar usar a força do pescoço e do corpo para levantá-lo, era doloroso e difícil. Pensei que encontraríamos pessoas no caminho para ajudar. Mas, não foi o que aconteceu.”, contou a mulher.

Apesar das dificuldades ela conseguiu chegar até embaixo com o cão.

Assim que chegaram ao pé da montanha, encontrram um panfleto que dizia: “Cachorro perdido chamado Boomer, ligue para esse número”. Tia rapidamente ligou para a família de Boomer. O animal havia caído em uma fenda e a família o perdeu de vista no passeio.

Ela os encontrou porém, eles disseram a ela que estavam de mudança para o Arizona e não poderiam ficar com  Boomer, ela então sentiu que não havia o encontrado em vão.

O cão foi levado ao veterinário e ficou contatado que um ligamento havia rompido e uma articulação deslocada na pata que estava mais machucada.

A mulher contou que logo percebeu que ela e o cão foram feitos um para o outro e que a experiência que viveram juntos os uniu de uma forma muito especial.

“Sua personalidade combina com a minha e a das crianças. Todos nós o amamos muito. Ele faz parte da nossa família agora”, afirma a nova tutora de Boomer.


Written by Silvia Cardoso

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings