Garota agradece irmão com um gostoso beijo após ele doar células tronco e salvar sua vida da leucemia!

Quando Emma, na época com 7 anos, foi diagnosticada com leucemia, seu irmão mais velho surgiu como um verdadeiro anjo da guarda!

Um dos tipos de câncer que mais acomete crianças é a leucemia, o caso é tão sério e preocupante, que segundo a Sociedade Americana de Câncer estatísticas de saúde, a cada três crianças e adolescentes, uma é diagnosticada com a doença.

Quando a leucemia é descoberta no início, o tratamento para combater a doença é mais eficaz, porém, com os avanços da ciência, as células tronco se tornou uma nova esperança para os pacientes e animou muito a comunidade científica, que entende como um grande passo, mas para que tudo dê certo, é preciso encontrar um doador compatível para que o receptor, no caso o paciente, tenha reais chances de reverter a doença e obter a cura. Emma e Alex entendem exatamente o significado desse procedimento.

Emma está com 11 anos de idade e teve a ajuda do irmão de 15 para intensificar o tratamento da leucemia, uma doença devastadora, além do paciente todos da família sofrem.

Na época em que o câncer foi descoberto, em 2014, a menina se sentia mais cansada do que deveria quando fazia mínimos esforços, isso chamou a atenção dos pais, Brian e Allyson Duffin, eles a levaram ao hospital para exames. O resultado foi assustador, Emma estava com um leucemia e dos tipos mais raros e mais difíceis de tratar.

O remédio para o mal estava dentre de casa. O irmão Alex se prontificou em doar a medula para a irmã, o transplante era fundamental para a menina continua a luta, sem esse procedimento dificilmente riria resistir por muito mais tempo, uma vez que as sessões de quimioterapia e radioterapia a estava deixando muito fragilizada.

Com a doação das células tronco, em 2015, Emma começou a apresentar melhora de saúde, foi recomendado pelos médicos que a menina permanecesse hospitalizada por no mínimo um mês, então ficou um mês e meio para aumentar a imunidade. Ao receber alta, Emma não podia sair de casa, levou 9 meses para receber autorização de andar nas ruas novamente.

Os pais contaram que os irmãos se amam muito, mas também brigam como é comum.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10205479777057287&set=a.2266332501254&type=3
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10215832629912138&set=a.2266332501254&type=3

Written by Silvia Cardoso

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings