Com 19 quilos morre mulher mantida em cárcere privado por 15 anos pelos pais

A mulher de 33 anos morreu congelada e com desnutrição extrema, pesando apenas 19 quilos.

Airi Kakimoto de 33 anos era mantida em cárcere privado pelos pais em casa na cidade de Neygawa, dentro de um pequeno quartinho da residência. Mas, nessa segunda-feira a jovem morreu congelada. Segundo autopsia a japonesa estava com desnutrição extrema, e aos seus 33 anos, media 1,45 e pesava apenas 19 quilos.

O quarto onde a jovem vivia tinhas apenas 3 metros de comprimento e foi construído improvisadamente pelo pai. O local ainda contava com duas portas, mas que só continham trancas do lado de fora, além de uma câmera de vigilância, um banheiro e um bebedouro improvisado.

Segundo informações passadas pelos

Os pais da jovem, Kakimoto (55) e Yukari (53),  informaram que eles prenderam a filha após a descoberta de um transtorno mental quando ela tinha entre 16 á 17 anos, que segundo eles deixava Airi extremamente agressiva. O casal ainda confessa que a japonesa era alimenta apenas uma vez ao dia.

Airi morreu congelada no dia 18 de dezembro, mas a policia só teve conhecimento do caso no ultimo sábado (23). Os pais foram preso inicialmente por abandono de cadáver, mas uma investigação foi aberta para descobertas de provas para que os pais possam responder por homicídio.

Estudante é encontrada morta e despida após ir a falsa entrevista de emprego

Quando uma mulher deixa de amar um homem, ela começa a sentir essas coisas