Bebê de 19 meses tem um AVC, pai salva sua vida ao identificar os sintomas, pediatras fazem um alerta  

Acidente vascular cerebral é um grande perigo, mas não é comum acontecer com crianças e bebês, por isso, a ação do pai, Phil Kerman, foi fundamental para que o filho tenha conseguido sobreviver.

Phil é o tipo de pai que observa e acompanha de perto o desenvolvimento do filho, ele gosta de passar todos os momentos disponíveis possível em companhia do bebê, sendo assim, ele conhece bem o menino, além disso, agiu com rapidez para que o bebê recebesse atendimento rápido.

Pode parecer incrível, mas o fato do bebê de 19 meses ter sido prontamente socorrido por Phil, o pai do menino, foi após um alerta que ele assistiu na TV falando sobre os sinais dos sintomas do AVC.

Por se interessar por programas informativos, ele se lembrou das orientações para o socorro e identificou os sintomas, segundo o jornal The Indenpendent.

Veja o que disso o médico Luiz Celso Vilanova, diretor do Departamento de Neurologia e Neurocirurgia da Unifesp:

“A maior causa de AVC infantil são alterações, com destaque para a anemia falcifoirme. Em segundo lugar, estão alterações cardiológicas, mas a complicação de uma microcefalite , uma trombose venosa e um tumor comprimindo vasos podem causar o AVC, que ainda assim é infrequente”.

Como o pai descobriu que seu bebê de 19 meses estava tendo um AVC.

Quando Phil olhou para o filho, no primeiro instante ele pensou que estivesse dormindo, mas algo não parecia estar muito bem, então ele moveu braços e pernas, erguendo um pouco, não reagiu.

O pai colocou o bebê no chão, mas ele não engatinhou como fazia.

No programa que assistiu na TV, a informação sobre paralisia ser um dos sintomas, despertou em Phil a necessidade de levá-lo para o hospital.

O bebê foi submetido a vários procedimentos cirúrgicos e recebeu o diagnóstico de doença crônica, neurofibromatose, que causa tumores.

Após o susto, o pai de Ronnie Kerman desabafou; “O tumor cerebral e a quimioterapia eu consigo lidar, mas pensar que meu filho nunca mais irá enxergar, isto parte meu coração.

Os médicos falaram que é improvável que ele recupere a visão, mas eu acredito em milagres”.

 

Written by Silvia Cardoso

Professora Silvia, dou aulas no periodo vespertino e escrevo noticias nos sites da rede Maetips. Mãe de dois meninos, Lucas e Renato de 6 e 12 anos. Sejam muito bem vindos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

GIPHY App Key not set. Please check settings