Foto: Reprodução

9 lições inspiradoras que aprendi com meus filhos

Quem disse que os mais velhos não têm o nada para aprender com os mais novos? Essa ideia pode “travar” uma pessoa que pense assim.

A vida é cheia de oportunidades para renovação constante, essa é uma dinâmica que torna tudo mais interessante e estar com a mente aberta para aprender, ajuda no dia a dia e nos mantém atualizados.

Imagine se nada tivesse mudado, a ciência estaria parada no tempo e muitas pessoas estariam ainda morrendo por causas curáveis ou tratadas. O mesmo conceito serve para as relações sociais, a mulher ainda estaria sem diploma para exercer muitas profissões.

Esse é só um pensamento, que na verdade se faz interessante pensarmos que sim, estamos dispostos a aprender com nossos filhos, claro que há um limite, cabe aos pais orientar, educar e preparar, mas sem se fechar achando que sabe tudo. Eles também nos ensinam, especialmente no campo das relações emocionais.

A mulher quando se torna mãe, passa a ver o mundo com outros olhos, muitas opiniões que antes pensava manter, aos poucos vão sendo derretidas….

Com o pai não é muito diferente, a prioridade passa a ser os filhos e o sentimento amadurece na construção do amor de tal modo que não há como explicar em palavras.

Confira as nove lições:

1 – As crianças são geniais. Elas são mais simples na hora de resolver seus pequenos problemas.

2 – Detectam um ambiente de estresse rapidamente. Como grades observadoras, as crianças percebem e absorvem o excesso de irritabilidade demonstrando nas atitudes.

3 – É natural que quando muito pequenas sejam egocêntricas. Nas primeiras fases da vida, lutam pelo que querem. Você tira ou afasta algo e elas continuam de birra do tipo é meu. Os pais precisam aprender a contornar essas reações.

4 – São espontaneamente mais generosas.

5 – Sabem personificar o comportamento dos pais.

6 – Preferem adotar a receita do menos é mais.

7 – Gostam de se sujar e nem ligam para isso quando estão brincando.

8 – É impossível não achá-las lindas e fofas.

9 – crescem mais rápido do que os pais gostariam, para poder curtir mais os filhos.

Morre o garoto que pediu cartões para antecipar o seu último Natal

Kelly Key comemora 10 meses do filho, Artur: “Meu amor”